Depressão

É normal de vez em quando sentirmo-nos mais em baixo ou abatidos, todos passamos por esses momentos. É quando se torna permanente no nosso dia-a-dia e vamos perdendo a motivação e o sentido de vida que o vazio se torna maior e mais angustiante. Seja por uma situação traumática ou um acumular de circunstâncias a depressão pode surgir.

Na Psicólogos Associados, com a nossa ajuda, poderá prevenir ou ser devidamente acompanhado num período mais difícil ou complicado, e do qual não se sente capaz de sair sozinho.

Nós estamos aqui para o ajudar, dando-lhe um acompanhamento psicoterapêutico focado, consistente e especializado.

Não é impossível sair de uma depressão, só necessita das ferramentas certas, no momento certo.

Se desejar, basta contactar-nos e marcar, teremos todo o gosto em recebê-lo/a.

Sinais de alerta:

Se estão presentes 5 ou mais dos seguintes sintomas durante um período superior a duas semanas, representando uma clara alteração do funcionamento anterior. Os sintomas (1) ou (2) estão obrigatoriamente presentes.

1

Humor depressivo durante a maior parte do dia, quase todos os dias, indicado pelo relato subjectivo ou observação de outras pessoas.

2

Diminuição clara do interesse e prazer em todas ou quase todas as actividades durante a maior parte dos dias.

3

Perda de peso (sem fazer dieta) ou aumento de peso, ou então perda ou aumento do apetite quase todos os dias.

4

Insónia ou hipersónia quase todos os dias.

5

Agitação ou inibição psicomotora quase todos os dias, observável por outros.

6

Fadiga ou perda de energia praticamente diária.

7

Sentimentos exagerados de desvalorização ou culpa excessiva, que podem ser delirantes.

8

Diminuição da capacidade de se concentrar e pensar, ou ainda indecisão.

9

Pensamentos recorrentes acerca da morte, ideação suicida ou tentativa de suicídio.

 

NOTA: Os sintomas causam mal-estar clinicamente significativo ou deficiência no funcionamento social, profissional ou familiar.

Os sintomas não são explicados pelo luto que se segue à perda de um ente querido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *